Notícias

25
Jun/22

Antes de cancelar show na Bahia, Luan Santana visitou o santurio de Bom Jesus da Lapa

Artista conheceu vrios pontos do templo religioso na cidade conhecida como 'capital da f'.

Um dias antes de não se apresentar no primeiro dia dos festejos juninos na cidade de Entre Rios, a cerca de 140 quilômetros de Salvador, o cantor Luan Santana visitou o santuário de Bom Jesus da Lapa.

A visita aconteceu na madrugada de quinta-feira (23), após o cantor fazer um show na cidade de Félix do Coribe, que também fica na Bahia. Luan Santana estava acompanhado de seguranças. Ele conheceu vários pontos do templo religioso.

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram momentos da visita de Luan no local.

O Santuário de Bom Jesus da Lapa recebe a tradicional romaria da cidade. O evento religioso, um dos principais e maiores da Bahia, reúne milhares de fiéis no município conhecido como a capital baiana da fé.

Cancelamento do show

O cantor Luan Santana não se apresentou na cidade de Entre Rios e a prefeitura disse que o artista descumpriu o acordo firmado com o gestão municipal. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira (24) em uma rede social do órgão.

Horas depois, a assessoria do cantor afirmou que o artista não subiu no palco por falta de estrutura.

O g1 teve acesso ao relatório feito pela produção técnica do cantor. No texto, a equipe afirmou que, já no primeiro contato para a realização do evento, buscou se certificar de que as necessidades referentes à estrutura, som, luz e demais itens, seriam atendidas.

Com o passar do tempo e a proximidade do show, a produção de Luan Santana percebeu que alguns itens não haviam sido garantidos. Por isso, flexibilizou algumas exigências, que não foram detalhadas, ainda assim pontuaram que precisariam "do mínimo de condições técnicas e de segurança".

Segundo a assessoria de comunicação do artista, no local do evento, a equipe do artista começou a montagem do equipamento, enquanto os técnicos conferiam a estrutura oferecida, no entanto, identificaram os seguintes problemas:

  • Não havia a mesa de som solicitada, mas ainda assim a equipe tentou montar os equipamentos para realização do show;
  • Os equipamentos de luz também não atendiam integralmente à estrutura do artista e, boa parte dos equipamentos presentes, não funcionavam;
  • Havia apenas um kit de backline para atender às duas bandas que se apresentariam na cidade, no entanto, o material disponível não era suficiente sequer para uma banda;
  • Havia apenas um sistema de áudio, um multicabo, também insuficiente para as atrações;
  • O palco não tinha aterramento, o que causou choque em diversos profissionais ali presentes, inclusive um deles precisou ser socorrido e hospitalizado.

Além disso, a assessoria afirmou que não impôs condições de se apresentar antes de nenhuma atração, "tanto que o outro artista em questão já estava no palco quando foram constatados os problemas e eles optaram também por não se apresentar".

A equipe de Luan Santana teria ficado mais de duas horas no local do evento, porque foi impedida de sair com o ônibus, pois a passagem do veículo foi obstruída.

O que diz a prefeitura

A prefeitura de Entre Rios disse, por meio de nota divulgada em uma rede social, que a produção do artista "apresentou justificativas que não convenceram a produção local, a qual buscou dialogar para encontrar uma solução que não prejudicasse ao entrerriense, turistas e fã-clubes".

Ainda no comunicado, a prefeitura detalhou que a produção de Luan Santana colocou como exigência que a apresentação dele ocorresse antes de qualquer artista, a qual teria sido atendida pela produção local. No entanto, a assessoria do artista negou essa informação.

Fonte:G1
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades