Notícias

24
Set/20

Mais aeronaves so enviadas para ajudar no combate a incndio no oeste da BA

Por causa da extenso das chamas, bombeiros solicitaram reforo de outros dois avies. Fogo atinge local que pertence cidade de Barra

Outras duas aeronaves foram enviadas para ajudar os bombeiros que atuam no incêndio de grandes proporções, que há uma semana atinge área de vegetação na cidade de Barra, no oeste da Bahia. As chamas começaram há uma semana e a proporção da área atingida ainda é incerta.

Segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sisema), o envio foi feito, na manhã desta quarta-feira (23), após os bombeiros pedirem o reforço por causa da dificuldade no combate às chamas e pela extensão do incêndio. As aeronaves saíram da cidade de Luís Eduardo Magalhães, também no oeste da Bahia, e já estão em operação.

Outras duas aeronaves, do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), também ajudam no combate às chamas nos locais onde os bombeiros e brigadistas não conseguem chegar por terra, por causa da altura e do calor do fogo.

Na terça-feira (22), os bombeiros que atuam no local estimaram que o fogo já destruiu mais de mil hectares. A área atingida equivale a mais de mil campos de futebol. Nesta quarta, a estimativa feita é que chamas já tenham atingido mais de 1.500 hectares, mas ainda não se sabe exatamente qual o tamanho da área destruída pelo incêndio.

Equipes dos bombeiros de Salvador e de Barreiras, além de brigadistas voluntários de Buritirama, seguem no local, para debelar as chamas. Nesta terça, o grupo conseguiu apagar um novo foco de incêndio e impedir que o fogo chegasse às margens do Rio São Francisco.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente informou que o incêndio tem características de ação criminosa. O tempo seco e os ventos fortes ajudam a espalhar as chamas.

As áreas mais atingidas pelo fogo foram evacuadas para facilitar trabalho de combate ao incêndio, que se concentra em um local distante cerca de 60 km do centro do município.

Conforme a Secretaria do Meio Ambiente, os maiores focos do incêndio foram localizados na tarde de segunda (21) e seguem sendo combatidos nesta terça. O Km 272 da BA-161 é a área de maior preocupação dos agentes.

Fonte:Tribuna da Bahia
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades